Agosto, 2010 | www.abreti.org.br  

Camex inclui novos itens na
lista de exceções do Mercosul


18/08/2010 - DCI

São Paulo - O conselho de ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou ontem a inclusão de cinco novos itens na Lista Brasileira de Exceções à Tarifa Externa Comum (TEC) do Mercosul. Entre os setores beneficiados está a indústria de brinquedos, uma vez que a alíquota de importação de peças e componentes para a fabricação de bonecos e demais produtos foi reduzida de 20% para 2%. "A medida foi tomada para revigorar o setor e para fazer frente à importação dessas mercadorias acabadas da Ásia", afirmou o secretário executivo da Camex, Helder Chaves.

Também foi aprovada a redução de 16% para 2% a alíquota de importação de simuladores de operações de perfuração e exploração de petróleo, para viabilizar a construção de um Centro de Treinamento em Rio das Ostras/RJpara formação de técnicos.

Além disso, para proteger a indústria doméstica, a Camex elevou de 14% para 28% a alíquota de uma mistura de isômeros utilizada na fabricação de espumas para estofados de automóveis e de zero para 14% a tarifa de importação de máquinas separadoras de ovos.

O colegiado também decidiu prorrogar até 30 de setembro a redução de 10% para 2% da alíquota de importação de sardinhas. Chaves afirma que, na semana que vem, a Camex deve aprovar a retirada da sobretaxa imposta à importação de cimentos mexicanos e venezuelanos por uma medida antidumping, mas apenas para a compra em estados da Região Norte. "A medida será tomada devido aos altos preços praticados na região", disse o secretário executivo.


R. Tenente Gomes Ribeiro nº 182-Conjuntos 23/24-Vila Mariana-São Paulo-SP-CEP 04038-040
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel./Fax: 11 5084.6439