Maio, 2011 | www.abreti.org.br  

Queda no preço das commodities também colaborou para controle cambial


05/05/2011 – MINISTÉRIO DA FAZENDA

Dólar a R$ 1,62 e redução na entrada de moeda estrangeira são reflexo das medidas governamentais, disse o ministro

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, garantiu, nesta quinta-feira (5/5), que o governo continuará tomando as medidas necessárias para impedir o excesso de valorização real frente ao dólar e para segurar a entrada de capital externo no país.

Ele destacou que o governou foi bem sucedido nas ações já tomadas para conter a sobrevalorização da moeda brasileira. “Hoje, o câmbio está a R$ 1,62 e o fluxo de entrada [de capitais estrangeiros] diminuiu muito a partir das últimas medidas”, disse o ministro a jornalistas ao chegar à sede do Ministério da Fazenda.

Segundo Mantega, os movimentos internacionais, como a queda no preço de commodities no exterior, também têm ajudado o governo a contornar os problemas no câmbio.

“É claro que não é só isso [medidas] que explica o movimento de câmbio. Tem os movimentos internacionais de queda do preço de commodities, mas nós continuaremos persistindo de modo a impedir a entrada de fluxo de capitais e a valorização do real. Quando for necessário tomaremos mais medidas”, declarou.


R. Tenente Gomes Ribeiro nº 182-Conjuntos 23/24-Vila Mariana-São Paulo-SP-CEP 04038-040
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel./Fax: 11 5084.6439