Março, 2012 | www.abreti.org.br  

Governo quer reduzir tempo que os navios gastam nos portos


13/03/2012 – GUIA MARÍTIMO

Período cairia de 17 para dois dias

Muito se fala sobre o tempo – cada vez maior – gasto pelos navios nos portos brasileiros. Agora, o governo federal quer apostar ainda mais na desburocratização de uma série de procedimentos responsáveis por esse tempo extenso, que pode durar até 17 dias entre a chega ao porto e a saída da embarcação.

A ideia é reduzir o tempo gasto para, no máximo, dois dias: “Acreditamos que, com os programas que já estão sendo implantados, vamos reduzir isso para dois dias, como fazem os grandes portos do mundo”, afirmou Luís Cláudio Montenegro, diretor do Departamento de Sistemas e Informações Portuárias da SEP (Secretaria de Portos).

Segundo ele, quando a economia cresce, há reflexos imediatos na movimentação portuária do país, o que demanda, além de investimentos, mais atenção com a infraestrutura. “Sabemos que o crescimento do movimento nos portos é pelo menos duas vezes maior do que o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto). Portanto, se o PIB cresceu quase 3% em 2011, o movimento portuário cresceu aproximadamente 6%. E isso pode gerar congestionamento”, diz.

Entre as ações que estão sendo implementadas pelo governo, Montenegro destaca o Porto sem Papel, programa que concentra, de forma eletrônica na internet, informações enviadas pelas agências marítimas para a liberação de atracação e operação dos navios. Com ele, são eliminados os trâmites de 112 documentos (em diversas vias) e 935 informações para seis órgãos diferentes.


R. Tenente Gomes Ribeiro nº 182-Conjuntos 23/24-Vila Mariana-São Paulo-SP-CEP 04038-040
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel./Fax: 11 5084.6439