Julho, 2012 | www.abreti.org.br  

Brasil acredita em recuperação
de vendas para Argentina


10/07/2012 – GUIA MARÍTIMO

Entraves comerciais entre os países diminuem e melhoram resultados

O governo brasileiro acredita já ter acertado o tom de negociação com o governo argentino., segundo a avaliação de Alessandro Teixeira, secretário executivo do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), que agora negocia com Guilhermo Moreno, secretário de Comércio Interior da Argentina, e define a relação atual como “objetiva”.

O negociador acredita em crescimento das vendas a partir de agora, com a liberação da Argentina para importação de produtos brasileiros do agronegócio e industriais: “Devemos ter resultado positivo para este mês, com a retomada desses produtos. O responsável é a situação econômica internacional, que afeta a Argentina e está nos afetando também”, finalizou.

As barreiras impostas pela Argentina para compras do exterior refletiram nas exportações brasileiras, que tiveram queda de 16% no primeiro semestre deste ano. Na primeira semana de julho, no entanto, o comércio bilateral teve um avanço na entrada de carne suína no país. As exportações do produto para a Argentina, nos três primeiros dias do mês, somaram US$ 498 mil, equivalendo a 143 toneladas. Pela média diária, houve aumento de 226,1%, em valor,em relação ao mês de junho.

No setor de máquinas agrícolas, foram liberadas 229 licenças não automáticas de tratores, colheitadeiras e plataformas. “Acho que agora [a relação] está bem, a gente teve resultados importantes da liberação de vários produtos que estão entrando na Argentina”, disse.

Teixeira ressaltou ainda que, mesmo com o destravamento de alguns produtos, o monitoramento do governo brasileiro tem sido diário: “A gente tem conseguido. Quanto tempo vai durar esse processo e se eles vão endurecer mais daqui para frente eu não sei dizer, mas, independente do que acontecer, o nosso trabalho é constante”, disse.


Avenida Paulista, 1.079 - 8º andar - São Paulo - SP - CEP 01311-200
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel./Fax: 11 7711.3172