Janeiro, 2013 | www.abreti.org.br  

Infraero investe nos aeroportos de todas as regiões do país


07/01/2013 - INFRAERO

Os aeroportos administrados pela Infraero nas cinco regiões do País receberam investimentos para ampliar o conforto e a segurança oferecidos aos passageiros e usuários, além de atender a demanda pelo transporte aéreo. Os destaques são para os serviços de construção, reforma e ampliação de terminais de passageiros, instalação de módulos operacionais e melhorias em pistas.

O Aeroporto de Natal (RN) recebeu a reforma e ampliação do terminal de passageiros, ganhando novas salas de embarque e desembarque, dois novos elevadores, duas novas escadas rolantes na área de desembarque, 12 novos balcões de check-in, além de novos sanitários. Ao todo, R$ 16,4 milhões foram investidos. A sala de embarque Aeroporto de Vitória (ES) também foi ampliada e instalou novos assentos, novos sistema de som, piso e forro, além de Sistema Informativo de Voo (SIV). Já Campina Grande (PB) recebeu investimentos de R$ 145,7 mil na acessibilidade de suas instalações, com adaptações dos sanitários no saguão e nas áreas de embarque e desembarque, instalação de piso tátil e direcional, além da adequação de escada de acesso e implantação de placas em Braille.

Em São Luis (MA), R$ 13,2 milhões foram investidos nas reformas do terminal de passageiros e no sistema de cobertura do telhado do aeroporto. Em Goiânia (GO), o saguão do TPS recebeu novo local com lanchonete, sanitários e vista panorâmica para o pátio de aeronaves e em Florianópolis (SC) foi concluído a instalação do novo sistema de climatização do TPS, onde a capacidade de refrigeração instalada no terminal foi mais que duplicada. No Galeão, as instalações de equipamentos e acessórios para comporem ilhas de check-ins de embarque no TPS 2 e o novo Posto Avançado Contra Incêndio (Paci), que recebeu R$ 374 mil em investimentos. O Aeroporto de Boa Vista (RR) inaugurou o novo edifício do Corpo de Bombeiros - Seção Contra Incêndio (SCI), onde R$ 1,6 milhão foi aplicado, enquanto as obras de ampliação e revitalização de sistema de restituição de bagagens do Aeroporto de Palmas (TO) foram entregues, uma melhoria de R$ 124,6 mil. A Infraero investiu ainda cerca de RS 20 milhões em módulos operacionais nos aeroportos de Brasília (DF), Imperatriz (MA), Porto Alegre (RS) e Teresina (PI). As instalações oferecem a mesma infraestrutura de salas de embarque e de desembarque convencionais, além de oferecerem mais capacidade e conforto aos passageiros.

Diversas pistas de pouso e decolagem nos aeroportos também passaram por melhorias este ano, totalizando R$ 62,2 milhões. Só nos terminais de Altamira (PA) e Fortaleza (CE) foram investidos cerca de R$ 21 milhões na reforma e recuperação do pavimento da pista de pouso e substituição do balizamento luminoso da pista de pouso do aeroporto paraense e na recuperação de toda a extensão da pista de 2.545 metros em Fortaleza. As pistas de Bagé (RS), Cuiabá (MT), Curitiba, Londrina (PR), Macaé (RJ) e Ponta Porã (MS) também foram revitalizadas, o que reforçou a segurança nas operações de pouso e decolagens ainda mais seguras nesses aeroportos.

Os estacionamentos dos terminais de Curitiba (PR), Londrina (PR) e Goiânia (GO) tiveram suas áreas ampliadas. No Afonso Pena, as obras aumentaram em 225% o número de vagas. O investimento da Infraero no aeroporto foi de cerca de R$ 12,7 milhões e compreendeu a expansão da área pavimentada, implantação de sistema de drenagem e cobertura de acesso aos pedestres e novas cancelas de entrada e saída do estacionamento, dentre outros serviços.

Melhorias também foram concluídas nos aeroportos concedidos este ano, como parte das obrigações da Infraero nesses terminais. Com área operacional de 12,2 mil m² e investimentos da ordem de R$ 85,7 milhões, a entrega do Terminal 4 em Guarulhos (SP) aumentou a capacidade do aeroporto de 25,9 milhões para 31,4 milhões de passageiros ao ano. Brasília também concluiu a ampliação da sala de embarque remoto do satélite norte do terminal de passageiros, que aumentou a área disponível de 482 m² para 902,89 m² e incluiu mais dois portões de embarque. Além disso, foram concluídos os novos sanitários nos saguões de embarque e desembarque do aeroporto.

Em 2012, além de grandes obras, a Infraero também investiu na aquisição de mobiliário para salas de embarque e desembarque, sistemas de segurança e vigilância, veículos operacionais, equipamentos de navegação aérea, painéis informativos de voos, esteiras de bagagens, balcões de check-in, entre outros itens.


Avenida Paulista, 1.079 - 8º andar - São Paulo - SP - CEP 01311-200
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel.: 11 7711.3172