Novembro, 2007 | www.abreti.org.br    
  Socorro a exportadoras ainda depende
de regulamentação

Fonte: Folha de São Paulo - 16/11/2007
 
 
Anunciado em junho como uma medida emergencial, o Programa Revitaliza -de socorro às empresas exportadoras afetadas pela desvalorização do dólar- não saiu do papel.

O governo publicou ontem no "Diário Oficial" da União um decreto que regulamenta a liberação de R$ 3 bilhões para essas linhas de financiamento, mas as instituições financeiras ainda não podem emprestar os recursos.

Faltam três portarias da Fazenda para que os empresários possam buscar empréstimos no BNDES, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal a juros mais baixos do que os de mercado.

As portarias vão permitir que o Tesouro faça a equalização dos juros, ou seja, pague aos bancos a diferença entre a taxa cobrada pelos empréstimos normais e aquelas oferecidas no Revitaliza. Os juros do programa variam de 8,5% a 7%. O empresário que pagar em dia terá desconto de mais 20%.
 
 
 
 
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 212 - Conj. 41 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP 04038-040
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel./Fax: 11 5084.6439