Junho, 2008 | www.abreti.org.br    
  Anac liberará taxa de combustível para carga

Fonte: Valor Econômico - 25/06/2008
 
  As empresas aéreas que realizam transporte de carga internacional poderão reajustar a sobretaxa de combustível livremente em breve, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Atualmente, a agência estabelece um teto máximo para esse adicional - que é cobrado separadamente do frete -, mas pretende liberar a cobrança em até dois meses, segundo informou a assessoria de imprensa do órgão.

As companhias aéreas podem cobrar uma sobretaxa de combustível de no máximo US$ 0,60 por quilo de carga transportada do Brasil para o exterior. Esse valor foi atualizado pela última vez há dois anos, segundo Norberto Jochmann, da Junta dos Representantes das Companhias Aéreas Internacionais no Brasil (Jurcaib). "Desde então, o petróleo e o combustível só subiram. Mas as empresas não puderam elevar a cobrança", diz.

No fim de 2007, a Anac sinalizou que acabaria com a determinação do preço máximo. Desde então, segundo Jochmann, algumas companhias aéreas já elevaram a sobretaxa, mesmo sem o respaldo oficial do órgão regulador.

A existência de um teto em relação à sobretaxa de combustível no Brasil leva a uma distorção entre o preço do transporte aéreo na exportação e na importação. Na importação, como a carga parte de países onde o preço da sobretaxa é livre, o custo de transporte fica maior.
 
 
 
 
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 212 - Conj. 41 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP 04038-040
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel./Fax: 11 5084.6439