Agosto, 2008 | www.abreti.org.br    
  Transporte de carga avisa que
está no limite da oferta


Fonte: Gazeta Mercantil - Data: 13/08/2008
 
 

O setor de transporte rodoviário de cargas avisou que enfrenta crescente e forte crise de oferta em seminário realizado pelo Instituto Coppead de Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os números indicam que, no último ano, 82% das empresas pesquisadas foram obrigadas a recusar algum tipo de carga, motivadas principalmente por falta de capacidade de atendimento. Com a demanda aquecida pelo crescimento do PIB e das exportações, 1,79 milhão de caminhões, 56% deles autônomos, enfrenta a forte procura e, por isso, já foram retomados os reajustes de preços acima da inflação no setor. Os reajustes ficaram, em média, 6% acima da inflação. As empresas do setor pretendem enfrentar a expansão da demanda com o aumento do uso da frota, em especial para o transporte dos grandes volumes de baixo valor agregado.

O seminário da Coppead também expôs o núcleo das preocupações do setor de transporte: como escoar essa expectativa de produção, com a realidade da infra-estrutura rodoviária brasileira?
Em novembro do ano passado a Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou pesquisa, constatando que 73,9% das rodovias brasileiras apresentam "algum tipo de problema". Nessa pesquisa, a CNT avaliou a malha de 87,6 mil quilômetros de estradas pavimentadas e atribuiu apenas a 26,4% a qualificação de ótima e boa, 10,8% e 15,6% respectivamente.

 
 
 
 
Rua Tenente Gomes Ribeiro, 212 - Conj. 41 - Vila Mariana - São Paulo - SP - CEP 04038-040
abreti@abreti.org.br - www.abreti.org.br - Tel./Fax: 11 5084.6439